VPU

VPU – Verificação de Permissões entre Usuários

Tem como objetivo descobrir as diferenças de permissões entre dois usuários do banco de dados Oracle.

Entendendo o cenário:

Você tem um usuário o qual é o dono(owner) do esquema e cria um outro usuário, o qual possui apenas as permissões básicas (insert, update, delete, select), este usuário é comumente usado pelas aplicações para conexão com o banco. Para o correto funcionamento o usuário de conexão, deve possuir permissões básicas nos objetos do usuário de administração.

Quando usar:

O VPU, fornece justamente isso, compara as permissões do usuário de conexão com o usuário de administração, porém no sentido apenas de visibilidade, ou seja, verifica se é possível ‘ver’ os objetos de banco criados pelo owner. Isso garante uma compatibilidade mínima para a perfeita execução do sistema que faz uso do usuário de conexão quanto a questão ‘acesso’.

Modo de Usar:

Na aba [Informações], entre com o as seguintes informações:

  • Usuário Dono do Esquema’ -> Usuário que tem as permissões
  • Usuário de Conexão’ -> Usuário que deveria ter as permissões
  • Driver -> Driver JDBC
  • JDBC Connection -> URL de Conexão JDBC com o banco

Lembre-se, será comparado os objetos que o usuário de Administração pode ‘ver’ com os visto pelo o usuário de ‘conexão’ Botão Executar, executa as checagens levando para a aba [Resultado de Permissões], a qual possui um pequeno relatório das condições das permissões. Caso seja encontrada diferença, será gerado um script na aba [Script] contendo as permissões que faltavam.

Site

About the Author

Especialista em Engenharia de Software com Ênfase em Padrões de Software(UECE), Graduado em Processamento de Dados (UNEB-DF). É Arquiteto de Software do Banco do Nordeste do Brasil (BNB), possuindo 08 anos de experiência no desenvolvimento de software em diversas plataformas: web,desktop,mobile.É mantenedor, desenvolvedor e contribuidor de vários projetos de Software Livre. É integrante PSL-CE e do GDJCE.Em seu horário livre realiza pesquisas e desenvolvimento dos frameworks TuGA e GBFramework.